19 de novembro de 2008

HEROÍNAS

Maria Luísa

Rosío

Hospital
Maíte
Senait

Escola

Giovanna (a Eugénia estava de férias)

Grupo Rainbow

A comunidade das Missionárias Combonianas de Nzara é formada por seis irmãs: três italianas, duas mexicanas e uma eritreia. Trabalham duas a duas em sectores diferentes: saúde, educação, promoção da mulher, apoio a seropositivos e pastoral.
A folha de serviço das irmãs é impressionante.
A Maria Luísa, italiana, e a Rocío, mexicana, estão encarregadas do hospital. Cerca de 100 pacientes são atendidos diariamente no estabelecimento de saúde, que conta com um laboratório e algumas enfermarias para internamento.
Mais de 700 seropositivos recebem os medicamentos retrovirais que lhes prolongam a vida com alguma qualidade. E o grupo aumenta de dia para dia!
O hospital tem uma secção para tuberculosos – com internamento – e serviço de atendimento ambulatório a doentes de lepra, incluindo uma sapataria.
A Maité, mexicana, e a Senait, eritreia, levam para diante a escola básica. 1050 alunos da pré-primária até ao oitavo ano. E se mais salas de aulas houvesse mais alunos frequentariam a escola.
A Maité é a directora e também dá aulas. A Senait ensina inglês e matemática. Aos sábados, enquanto os outros professores descansam, as irmãs dão aulas de recuperação aos alunos mais crescidos.
Finalmente, a Giovanna, que é a superiora, e a Eugenia (ambas italianas e mais velhas) orientam o programa de promoção da mulher e a assistência aos pacientes da sida.
O grupo Rainbow (Arco-íris) tem mais de 350 seropositivos que se reúnem todas as sextas-feiras para receberem alguns ensinamentos sobre a sida, nutrição, cuidados de higiene e outros temas e partilharem uma refeição mais substancial e nutritiva.
Além disso, promovem esquemas de auto-financiamento através de actividades de micro crédito. Os elementos estão divididos em pequenos grupos e recebem sal, farinha, açúcar e outros géneros para venderem no mercado e gerarem algumas receitas.
As irmãs são ajudadas por nove voluntários e também dispensam serviço domiciliário aos doentes em fim de vida.
O Grupo Sunshine (Luz do Sol) dá assistência e cerca de 30 crianças, seropositivas ou órfãs e pagam as respectivas propinas e outras ajudas. Algumas famílias estão a adoptar órfãos de casais mortos pela sida.
O programa de promoção da mulher integra uma centena de elementos e também financia esquemas de micro crédito além de outras actividades.
Algumas irmãs também estão empenhadas na paróquia animando a liturgia em algumas capelas e visitando doentes.
As combonianas de Nzara são um testemunho de dedicação total ao Evangelho através do serviço que prestam às pessoas que delas necessitam sem regatearem limites.
Vivem na linha da frente do perigo. Os rebeldes ugandeses do Exército de Resistência do Senhor – que vivem num parque perto de Nzara no Congo – dizem que hão-de atacar a missão e o hospital, mas elas mantêm-se firmes.
São as minhas heroínas!

3 comentários:

Eduardo Santos disse...

Caro amigo. As minhas cordeais saudações. Deparei com o seu blog por puro acaso, aproveito para deixar umas palavras não apenas de incentivo, mas também de parabéns pela escolha feita. Possivelmente o Sudão não será uma missão fácil, pelo contrário, por isso e por tudo o resto, força, que o Senhor o acompanhe sempre.

R2K disse...

: )

elsa nyny disse...

Magnifico!
São de facto umas heroínas!!
Parabéns para elas!

Bjtssssssss